NOVOS CAMINHOS – EM BUSCA DO CONHECIMENTO UNIVERSAL

candAruanda é uma dimensão no astral, conhecida por ser morada das entidades luminosas da Umbanda. Dizem que o nome “Aruanda” se originou de uma derivação do nome do principal porto de Angola, chamado Luanda, por onde ocorreu o triste episódio de desterro dos africanos capturados e transformados em escravos, sendo enviados para o Brasil.

Depois, os escravos foram adaptando suas crenças, e começaram a idealizar Aruanda, terra sagrada dos luminares e protetores, dos guias de Luz e dos falangeiros dos Orixás.

Portanto, acredito que Aruanda, como outra cidade no astral, o “Nosso Lar”, não tem fronteiras religiosas, culturais, ou raciais. Ali estão as entidades puras, sejam de onde vier, porque sabemos que muitos são os caminhos que levam ao Pai Maior. Com certeza ali estarão também espíritos de candomblecistas que evoluiram e estão nas dimensões elevadas a orientar e sustentar os filhos da Terra.

Então, estamos iniciando uma nova jornada neste espaço abençoado que se chama “Povo de Aruanda”, que já atingiu mais 14 milhões de acessos, e nele nosso irmão, o Babalorisá Raimundo Ribeiro , irá postar textos sobre o Candomblé, e estará disponibilizando seu e-mail para trocar informações com quem tem dúvidas.

Aproveitamos e convidamos os irmãos e irmãs a caminharem conosco neste novo impulso, trazendo suas dúvidas, seus questionamentos, pois desta maneira estaremos acrescentando conhecimento e com certeza estaremos nos harmonizando com o Pai Maior, num momento que a ambiência planetária está tão necessitada de boas vibrações.
Deixo então uma oração, para que possamos inaugurar esta nova fase :

Zambi, Pai Misericordioso
Guia nossos passos,
Abre nossos olhos,
Dulcifica nossos corações.
Conduza nossas palavras
Pelos melhores caminhos.
Nos ensine a seguir impávidos
Dia a dia, através das intempéries.
Que os Orixás benditos estejam conosco:
Yemanjá, Odoiá, minha mãe, nos envolva
Com teu manto de estrelas, e nos guie
Por estes mares incógnitos.
Oxóssi, Okê Arô, meu Pai!
Me oriente através
De suas flechas certeiras
E com seu brado forte não permita
Que inconsequentes interfiram em nosso intento.
Oxum, oh, doce Iabá
Lava com suas águas
Esta rede invisível e plena de energia
Que permeia o espaço e chega a inumeráveis lares.
Vibre sobre todos o Seu Amor Infinito.
Ogum, Ogunhê, guerreiro do Bem!
Nos proteja e nos ampare
Nos dê firmeza e estabilidade
Em todos os momentos,
Permita que continuemos nossa jornada
Sem que qualquer perturbação tolde nossa meta
De abraçar cada vez mais nossas Religiões,
nossa Esperança e nossa Fé.
Iansã, Eparrei, Senhora!
Varra para bem longe
Cinzas, desavenças e restolhos
Leve para o espaço longínquo
Todo o pensamento vão,
Toda a inveja, calúnia e violência.
Xangô, Kaô, Kabecile!
Justiça, Pai, Justiça sempre
Nos velando do alto de sua pedreira
Nos envolvendo com sua proteção
Na qual confiamos do fundo de nosso Ser,
pois sabemos que buscamos a Luz, mesmo nas trevas,
e em momento algum trairemos nossa crença e ideal.
Nanã, Saluba!
Traz para nós sua sabedoria e nos liberte
De nossas próprias amarras pela auto-compreensão.
Misericórdia, grandiosa Nanã Buruquê!!!!!
Obaluaiê, nos abençoe com a Saúde Física e Mental,
Nos fortaleça e nos oriente em todos os momentos
Trazendo a este local Harmonia, Estabilidade
Coragem para novos caminhos.
Nos prostramos e lhe saudamos
do fundo e nossas almas.
E que o Panteão dos Orixás,
Receba esta humilde prece
Feita de nossa alma buscadora
Na direção de um caminho melhor
Para outros buscadores.
Que o aprendizado que aqui nascer
Se multiplique mundo afora
Em forma de Amor e Caridade, sempre.
Que tenhamos sempre, brilhando em nosso peito
A Estrela Guia que ilumina os caminhos, as fronteiras
E as diferentes dimensões, por onde caminhamos
A serviço do Pai.
Que assim possa ser.

Alex de Oxóssi

Rio Bonito – RJ

Sobre Administrador

Eu tento fazer a minha parte para poder divulgar a minha Religião.
Esse post foi publicado em CANDOMBLÉ, RELIGIÕES, UMBANDA e marcado , , . Guardar link permanente.