SALVE MEU PAI XANGÔ E MINHA MÃE IANSÃ!!!!!!!!!!!!!!!

Embalados na força de Xangô e de Iansã, vamos refletir nos pontos destes adorados Orixás!

Ponto de Xangô

Por detrás daquela serra,
Tem uma linda cachoeira!
É de meu pai Xangô!
Que arrebentou sete pedreiras!

Foi água nascendo na fonte e espinho na flor!
Do seu medo escondido nasceu a coragem de ser vencedor.
Punhal na mão, no peito um escudo mais fiel,
de quem na terra concebeu o céu!

São sete pedreiras que ele aprendeu a quebrar,
na faísca da fúria, no raio da chuva à luz do luar!
Lavou o corpo com o vinho amargo do suor,
e fez do próprio bem, de todos os males, talvez o menor!

Ponto de Iansã

Iansã Orixá de Umbanda
Rainha do nosso congá
Saravá Iansã lá na Aruanda, Eparrei!
Eparrei Iansã venceu demanda
Iansã, saravou pra Xangô
No céu, onde se coroou
E lá nas matas leão bradou
Saravá Iansã
Saravá Xangô

xa

Então, segundo as perspectivas que nos mostram, Pai Xangô e Mãe Iansã irão reger 2014.

Na verdade, para quem crê, todos os Orixás estão presentes em nossas vidas a cada dia, e aproveitamos a oportunidade para elevar nossos pensamentos à Espiritualidade Maior, ao reino de Aruanda, onde se encontram as entidades benditas que nos protegem a cada passo, em todas as hierarquias, até chegar a nós, tão imperfeitos, tão necessitados de orientação em nosso percurso acidentado.

Que Pai Xangô nos traga sua Força, nos protegendo de toda injustiça, e que Mãe Iansâ com sua Magnitude nos mantenha a salvo de toda a influência deletéria, que estejamos sempre a postos de praticar o Bem, rumando em direção aos nossos destinos, traçados pelas nossas decisões e que estas sejam regidas pelas Forças Maiores, para que não tropecemos, e consigamos resgatar nossa direção, na Esperança, na Fé.

ia

Que tenhamos a influência Maior, de sermos inquebrantáveis como a rocha frente às intempéries, que tenhamos sempre a certeza que eles nos encaminharão para os melhores trajetos, que não tenhamos medo de mudança alguma e sigamos, firmes e resolutos, construindo nossa estrada, escrevendo em nosso livro da Vida, não deixando uma só linha em branco.

Que a cada final de dia, possamos parar, e elevar nossos pensamentos na imensidão que reluz no infinito, onde só há beleza e crescimento. Que conquistemos nossa alegria através da força que emana das pedreiras, dos ventos e de todos os símbolos sagrados que a natureza nos rodeia, lembrando a presença divina destes orixás benditos.

Poderosas forças, através de seus falangeiros que já alcançaram os patamares de protetores e guias, estejam conosco em cada passo, somos simples pedintes, mas faremos o possível, dentro de nossas limitadas possibilidades, para também sermos o exemplo de sustentação e firmeza frente todas as vicissitudes de nossos irmãos de provas e expiações.

Na sua Força e no seu Axé, prosseguiremos, através dos dias, sendo instrumentos de Fé, Superação e sobretudo buscadores de seus mistérios, com a ajuda da espada de Iansã e da faísca e do trovão de Xangô, acreditando no poder de Aruanda, nos vestindo das armas do Bem da amada Umbanda!

E se tivermos de ultrapassar noites escuras da Alma, que os raios e trovões de Xangô nos iluminem a jornada, e que os ventos de Iansã dispersem todas as forças malévolas, nos trazendo em segurança ao novo dia, ao alvorecer de nossas almas atribuladas.

Eparrei, Iansã, Eparrei oiá!

Kaô, Kabecile meu poderoso Pai Xangô!

Alex de Oxóssi

Vote, seu voto é muito importante para nós:

Rio Bonito – RJ

Sobre Administrador

Eu tento fazer a minha parte para poder divulgar a minha Religião.
Esse post foi publicado em ORIXÁS, UMBANDA e marcado , , , . Guardar link permanente.