A MAGIA DE NANÃ

 

nan
Na calada da manhã, as brumas envolvendo o silencioso murmurar do arroio profundo, entidades moldam o barro, e cantam melodias que se espalham por toda parte, enquanto os animais da mata se aproximam e participam do ritual mágico.

São espíritos que transformam as vibrações que chegam através das preces, carreando os sofrimentos, anseios, tristezas, o cansaço das lutas diárias, o desassossego, ou estão sob o ataque de sombras sorrateiras, da maldade, da falta de luz.

As entidades oram, e vão moldando, vão usando a terra para descarregar, neutralizar, transformar, transmutar cada pensamento estremecido em serenidade, resignação, esclarecimento. Cada um, envolvido por estas forças, compreende a necessidade de mudança, de maior estabilidade interior, percebe de alguma forma as ondulações energéticas que vão lhes restituindo a solidez dos objetivos, as certezas do caminho, se esclarece que faz parte de uma vasta rede, de ancestrais ligações reencarnatórias.

Para a terra, tudo retorna, a terra neutraliza todas as cargas energéticas, e sob a tutela da falange de Nanã, é moldada com a água que tudo conduz, devolvendo a aquele que ora, o pensamento vitalizado e esclarecedor.
A oração é o elemento alquímico desta magia transformadora. É quem ativa a comunicação entre o mundo material e espiritual, é quem transcreve os anseios do encarnado e que reverbera de volta através da intuição esclarecedora, o silêncio necessário para a compreensão, que obtém as forças para prosseguir e continuar sua caminhada.

Vamos então, levar a quantos possamos, esta mensagem para que utilizem a oração para evocar os elementos mágicos da Natureza, e nesse momento, vamos reverenciar Nanã, pedindo-lhe a retificação de nossos caminhos através da transmutação da terra e da água. Vamos também pedir para todos, o Amor Fraternal, a Magia da Paz, da Humildade, da Harmonia.

Que a água se condense em partículas de névoa envolvendo nossos lares, purificando todos os cantos conduzindo a energia vibratória que limpa e dilui a imantação de impurezas.

Que a terra nos traga a solidez, descarregue tudo o que não for bom, anule as forças deletérias, aliviando os filhos do Planeta de nossas cargas, seja ao manancial onde possamos obter a Força Vital e recrie sempre novas construções em nossas vidas.

Alex de Oxóssi
Rio Bonito – RJ

Sobre Administrador

Eu tento fazer a minha parte para poder divulgar a minha Religião.
Esse post foi publicado em ESPIRITUALIDADE, ORIXÁS, UMBANDA e marcado , , , , . Guardar link permanente.