FASES ALQUÍMICAS DA MATÉRIA E DA ALMA

Para maiores informações, consulte CLIQUE AQUI

Este texto foi fornecido originalmente em inglês pelo Dr. Aldo Faria Dias em Curso do GEHSH, 2002

7771) CALCINAÇÃO

A Calcinação é a primeira as sete maiores transformações alquímicas. Quimicamente, o processo de calcinação envolve aquecer uma substância em um cadinho, ou na chama viva, até que ela se reduza a cinzas.

No “Arcanum Experiment”, a Calcinação está representada pelo ácido sulfúrico, que os alquimistas obtém de uma substância chamada vitríolo. O ácido sulfúrico é um poderoso corrosivo que consome até o interior e reage com todos os metais, exceto o ouro.

Psicológicamente, esta é a destruição do ego e/ou nosso apego às coisas materiais.

A Calcinação é um processo natural que nos acontece a medida que somos exigidos e pelas tribulações da vida, embora ela possa ser uma deliberada rendição de nossa arrogância, adquirida através de uma variedade de disciplinas espirituais que funcionam como ignição do Fogo da introspecçâo e auto-avaliação.

Fisiologicamente, o fogo da calcinação pode ser experimentado como uma metabólica ou atividade aeróbica, que harmoniza o corpo, queimando os abusos de uma tolerância excessiva e produzindo mecanismos moderados, sem excessos, de agir e lutar. A Calcinação se inicia no chacra básico, no sacro, na base da espinha dorsal.

Na sociedade, a Calcinação se expressa na vida dos revolucionários, conquistadores e outros guerreiros que tentam a superação do “status quo”.

A nível planetário, este é o Fogo da criação, a formação de um ambiente tolerável a partir de matéria liquefeita e chamas vulcânicas.

Correspondência de Calcinação : de acordo com a “Tábua de Esmeralda” (Hermes Trimegistro)- “ Seu Pai é o Sol” –

Elemento: Fogo; Cor: magenta, vermelho púrpura; Planeta: Saturno; Metal: chumbo

2) DISSOLUÇÂO

A Dissolução é a segunda maior operação na transformação alquímica . Quimicamente são as cinzas da Calcinação dissolvidas em água. No “Arcan Experiment” a Dissolução está representada pelo óxido de ferro ou ferrugem, que ilustra os poderes potencialmente corrosivos da água, mesmo sobre os metais mais resistentes.

O Vitríolo ao ser processado, separa-se em ácido sulfúrico e óxido ferroso, que são os dois primeiros arcanos ou ingredientes secretos. Os egípcios usavam o ferro em 1500 a.C, e usavam compostos à base de ferro em tônicos e desinfetantes.

Psicologicamente, isto representa uma posterior quebra de estruturas artificiais da psique, a partir de uma total imersão no inconsciente, no não racional, o feminino, ou nas partes rejeitadas por nossas mentes. È principalmente, um processo inconsciente em que nossa mente consciente traz à tona para fazer emergir o que está submerso, escondido. È a abertura de portões gerando uma nova energia quer a água traz. A Dissolução pode ser vivenciada como fluxo e um engajamento no processo criativo sem preconceitos, obstáculos ou estabelecimento de hierarquias.

Fisiologicamente, a Dissolução é a continuação da experiência “kundalini”, a abertura de canais de energia no corpo para recarregar e elevar cada simples célula. A Dissolução ocorre no chacra genésico ou estanho, e envolve os pulmões e baço.

Na sociedade, o processo de crescer através de uma gradual dissolução é exemplificada por estilos de vida agropecuários, monásticos.

A nível planetário, a dissolução é a “Grande Enchente” , limpeza da terra de tudo o que é inferior.

Correspondência da Dissolução: De acordo com a Tábua de Esmeralda – “Sua Mãe é a Lua”
Elemento: água; Cor : azul claro; Planeta: Júpiter; Metal : estanho

3) SEPARAÇÂO

A Separação é a terceira das operações da transformação alquímica; Quimicamente é o isolamento dos componentes da Dissolução pela filtração e então o descarte de qualquer material falso ou indigno .

No “Arcanum Experiment”, a Separação é representada pelo composto carbonato de sódio, que se separa da água no leito dos lagos. Os mais antigos depósitos se encontram no Egito.Os alquimistas às vezes referem-se a este composto como “Natron”, que significa a tendência comum de todos os sais formarem corpos sólidos ou precipitados.

Psicològicamente, este processo é a redescoberta de nossa essência e a do sonho dourado, prèviamente rejeitado pela parte racional, “masculina”, de nossas mentes. Ela é, para a maior parte, um processo consciente onde nós revemos o material escondido e decidimos o que iremos descartar, e o que será reintegrado para o refinamento de nossa personalidade.

Muito deste material sombrio são coisas das quais temos vergonha ou são coisas proibidas relativas aos pais, igrejas, escolas… A Separação faz com que haja escolhas em restrições autoinflingidas à nossa própria natureza, para que possamos brilhara através disso.

Fisiologicamente, a Separação é seguida e controlada pela respiração do corpo, já que a mesma trabalha com as forças do Espírito e Alma para permitir o nascimento de uma nova energia e renovação física.

A separação se inicia no Chacra abdominal ou Ferro, localizado ao nível do Plexo Solar.

Na sociedade, a Separação é expressa no estabelecimento de clãs, cidades e nacionalidades.

A nível planetário, é representada pela formação de e de Poderosas forças do Ar, Água, Terra , Fogo.

Correspondência da Separação: der acordo coma “Tábua de Esmeralda” – “O vento corre em seu abdômen”

Elemento: Ar; Cor: laranja avermelhado; Planeta: Marte; Metal: Ferro.

4) CONJUNÇÂO

È a quarta das sete operações da alquimia.

Quimicamente é a recombinação dos elementos salvos pela Separação, formando uma nova substância. No “Arcanun Experiment”,a Conjunção é simbolizada por um nitrato composto, conhecido como nitrato de potássio ou que os alquimistas chamam Natron ou simplesmente Sal.

Natron acid(Aqua fortis) é azulado, preparado misturando nitrato de potássio com ácido sulfúrico e era utilizado para separar a prata do ouro. Os resíduos inertes precipitam do ácido durante a reação que se assemelha a uma criança nascendo.

Psicologicamente é o fortalecimento de nossas próprias vontades, a união dos lados masculino e feminino de nossa personalidade, em um novo sistema de crença ou um estado intuitivo de consciência. Os alquimistas referem-se a isso como a “Pedra Menor”, e depois que ela é atingida, o adepto está capacitado a discernir claramente o que precisa ser feito para atingir a iluminação, que é a união com a Superação. As sincronicidades sempre começarão a ocorrer, para confirmar ao alquimista que ele está no caminho correto.

Fisiologicamente, a Conjunção usa a energia sexual do corpo para a transformação pessoal. Ela ocorre ao nível do chakra cardíaco ou cobre.

A nível planetário, a Conjunção ocorre quando as formas de vida primordial são criadas ou iluminadas pelo Sol.

Correspondências de Conjunção: De acordo com a “Tábua de Esmeralda”- “ A Terra é sua enfermeira” –

Elemento: terra; Cor: verde; Planeta: Vênus; Metal: Cobre.

5) FERMENTAÇÂO

É a quinta transformação alquímica. A Fermentação é um processo em dois passos, que se inicia com a Putrefação da “criança hermafrodita” que vem da Conjunção, resultando em sua morte e ressurreição em um novo nível de ser. A Fermentação começa com a introdução de uma nova vida como produto da Conjunção para expansão e garantia de sua sobrevivência.

Quimicamente, a Fermentação é o crescimento de um fermento (bactéria) em solução orgânica, tal como ocorre com a fermentação do leite para produzir iogurtes e queijo,ou a fermentação de uvas para produção do vinho. No livro “ Arcanum Experiment”, o processo de Fermentação é representado por um composto chamado “Liquor Hepatis”, que é uma mistura oleosa marrom avermelhada de amônia e um composto de sulfeto de hidrogênio, o qual possui um odor de ovos podres . Os alquimistas egípcios fabricavam amônia aquecendo esterco de camelo em recipientes selados e achavam que isto resultaria em uma espécie de Mercúrio que absorveria a força vital. “Liquor Hepatis” significa licor do fígado, onde eles acreditavam que seria a sede da alma, e eles associavam o composto com a cor verde, que é a cor da bile. “Liquor Hepatis” exuda uma fragância formidável, e os alquimistas fazem dele um perfume chamado “Bálsamo da Alma”.

Psicologicamente, o processo de Fermentação se inicia com a inspiração de um poder espiritual que vem de do Alto, e que reanima, reenergiza, e ilumina o alquimista. Após o negro da Putrefação, vem o amarelo da Fermentação, que parece uma cera dourada fluindo da matéria da Alma. Seu início é anunciado por uma demonstração de cores brilhantes e visões cheias de significados chamadas de “a cauda do pavão”. A Fermentação pode ser alcançada através de várias atividades que incluem intensa oração, desejo de união mística, quebra da personalidade, terapia transpessoal, drogas psicodélicas ou profunda meditação. A Fermentação é uma vivência inspirada de algo totalmente além de nós mesmos.

Fisiologicamente a Fermentação é a erupção de uma energia viva (chi ou kundalini) no corpo, para curar e vivificar. Ela é expressa como tons vibratórios e verdades faladas, que emergem do chakra laríngeo ou mercúrio.

Em Sociedade, a experiência da Fermentação está baseada na sensibilização mística ou religiosa.

A nível planetário, ela é a evolução da vida para produzir numa elevada consciência.

Correspondências da Fermentação: De acordo com a “Tabua de Esmeralda”, durante a Fermentação nós elevamos nossa consciência da escuridão do corpo animal através da meditação e evolução planetária. –“Separar a Terra do Fogo” , ela nos fala. “ a sutileza que vem do bruto, gentilmente e com grande engenhosidade”. Substância :enxofre; Cor: turquesa; Planeta: Vênus; Metal : Mercúrio.

6) DESTILAÇÂO

A Destilação é a sexta maior operação na transformação alquímica. Quimicamente é a fervura e condensação da solução fermentada para aumentar sua pureza, tal como ocorre na destilação do vinho para fazer o conhaque. No “Arcanum Experiment”, a Destilação está representada por um composto conhecido por “Black Pulvis Solaris”, que é feito de amônia negra com enxofre purificado. Os dois imediatamente aderem-se para formar o que os alquimistas chamam de “bezoário” (encontrado naturalmente no estomago de ruminantes, concreções duras, que na idade medieval eram utilizadas como amuletos e como antídotos de vários venenos), uma espécie de sólido sublimado que se forma nos intestinos e cérebro ( alguns atribuem tumores no cérebro a estas concreções chamadas bezoários).

Psicologicamente, a Destilação é a agitação e sublimaçâo de forças psíquicas necessárias para assegurar que nenhuma impureza vinda de um ego inflado ou um id profundamente submerso seja incorporado neste estágio ou no estágio final. A Destilação pessoal consiste de uma variedade de técnicas introspectivas que elevam o conteúdo da psiquê ao nível mais elevado possível, livre de sentimentalismos e emoções. Removendo-os da identidade pessoal. A Destilação é a purificação da personalidade (Ego) não nascida(o) – tudo o que nós verdadeiramente somos e podemos ser;

Fisiológicamente, a Destilação é a elevação da força vital subindo repetidamente de regiões mais baixas no caldeirão do corpo para o cérebro (que os alquimistas orientais chamavam de Circulação da Luz), onde eventualmente ele vai solidificando a Luz cheia de força. A Destilação culmina na área chamada de Terceiro olho, na região frontal, a nível das glândulas pineal e pituitária, no chakra frontal ou de prata.

Em Sociedade, a experiência da Destilação é a realização do poder do amor elevado, como uma força viva sobre todo o planeta que busca se transformar em uma força da natureza baseada em uma visão compartilhada da Verdade.

Correspondências da Destilação: de acordo com a “Tábua da Esmeralda”, durante o processo de destilação – “ ele se eleva da Terra para o Céu e descende novamente para a Terra, entretanto combinando dentro de si ambos o que está Acima e o que está Abaixo”. Substância: Mercúrio; Cor: Azul profundo; Planeta: Mercúrio; Metal: Prata.

7) COAGULAÇÃO

A Coagulação é a sétima e última operação alquímica. Quimicamente, a Coagulação é a precipitação ou sublimação do Fermento Purificado da Destilação. No “Arcanum Experiment”, a Coagulação está representada por um composto chamado “Red Pulvis Solaris”, que é um pó laranja avermelhado de enxofre puro, misturado com um composto de mercúrio terapêutico, o óxido vermelho de mercúrio. O nome “Pulvis Solaris” significa “pó do Sol”, e os alquimistas acreditam que qualquer substância se torna perfeita com a adição do mesmo.

Psicologicamente, a Coagulação é primeiramente sentida como uma nova confiança que envolve todas as coisas, através de muitas experiências como o segundo corpo de luz coalescente, um veículo permanente de consciência que incorpora as mais altas inspirações e evolução da mente.

A Coagulação encarna e libera a “última matéria” da alma, o Corpo Astral, que os alquimistas também referem como a Pedra Filosofal. Usando esta pedra mágica, os alquimistas acreditam que possam existir sobre todos os níveis de realidade.

Fisiologicamente, este estágio é marcado pela liberação do Elixir no corpo que rejuvenesce dentro de um recipiente perfeito de Saúde. Este alimento celeste ou “corpo vinhático”e energiza as células sem os produtos que são produzidos. Esses processos fisiológicos em psicológicos eram o 2º corpo dentro do corpo de luz sólida que emerge do chakra coronário ou de ouro.

Em Sociedade, ela é a sabedoria da vida, em que o ser existe dentro da mesma luz que envolve a consciência e o conhecimento da Verdade.

A nível planetário, a Coagulação é o retorno ao Jardim do Éden, e é um tempo de alto nível, dentro da divina mente.

Correspondência da Coagulação : de acordo com a Tábua de Esmeraldas – “Assim se obterá a Glória de todo Universo”, toda a obscuridade será eliminada por voces. Esta é a maior força de todos os poderes, porque ele tranforma e penetra nas coisas sólidas.

Substancia : sol

Cor: violeta, púrpura; Planeta :Sal CoR: Violeta; púrpura. Planeta : Sol metal : ouro

Sobre Administrador

Eu tento fazer a minha parte para poder divulgar a minha Religião.
Esse post foi publicado em ALQUIMIA e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s