A importância do Estudo

Luiz Gomes Dias

Tenda Espírita Caboclo Tupi

Campo Grande – MS

Embora muitos dos médiuns da nossa querida Umbanda neguem e muitas vezes até se recusem, o conhecimento teórico e o estudo também são fundamentais para uma boa pratica da Umbanda.

Afinal como praticar, se não temos no mínimo o conhecimento teórico da Religião, seus Rituais, suas praticas, seus Fundamentos, seus ensinamentos, suas normas, suas cerimônias, enfim, como praticar se não conhecemos o que estamos praticando?

Existem questões básicas e fundamentais para a boa e correta pratica da Umbanda, muitos de nós nem sabemos ao certo qual a data de fundação de nossa Religião, não sabemos ao certo o propósito de nossa Religião, isso são as questões mais simples, pois se entrarmos mais a fundo veremos questões mais complexas que exige de nós muito estudo, como por exemplo:

Por que a Defumação?

Por que os Pontos Cantados?

Por que os Pontos Riscados?

Por que o uso de charutos e cachimbos?

Engana-se o médium, por mais experiente que seja, que pense não precisar do estudo. Infeliz do médium que não busca aprimorar-se, pois os espíritos são como as empresas em que trabalhamos, sempre procuram pelos que estão em melhores condições, os mais bem preparados.

É comum vermos irmãos que quando começam incorporar, propriamente dito, dizerem que são inconscientes, pura ignorância e falta de estudo, pois, é sabido que nos tempos de hoje, com a evolução da Religião e dos médiuns, que a espiRitualidade busca cada vez mais a consciência plena dos médiuns para que haja uma melhor comunicação entre os mundos, portanto meus irmãos, não nos enganemos, essa modalidade de mediunidade é raríssima é um caso em dez milhões.

Allan Kardec grande divulgador da Doutrina espírita, na qual não podemos negar, é de grande valia para a Umbanda, diz no Terceiro Parágrafo da introdução do Livro dos médiuns:

“enganar-se iam, igualmente quem cresse encontrar, nessa obra, uma receita universal e infalível para formar médiuns…”

“conquanto cada um encerre em si mesmo o germe das qualidades necessárias para tornar-se médium, essas qualidades não existem senão em graus muito diferentes, e seu desenvolvimento provém de causas que não dependem de ninguém faze-las nascerem a vontade.”

E acrescenta ainda no 5º Parágrafo:

“acrescentamos a má impressão que produz por certas pessoas novatas, a visão de experiências feitas levianamente sem conhecimento de causa…”

“por isso os incrédulos saem dessas reuniões raramente convertidos e poucos dispostos a verem o lado serio do Espiritismo. A ignorância e a leviandade de certos médiuns causaram mais danos do quê se crê a opinião de muitas pessoas.”

Leia o Texto Completo (clique)

Sobre Administrador

Eu tento fazer a minha parte para poder divulgar a minha Religião.
Esse post foi publicado em UMBANDA e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s